O Nascimento do Escotismo do Mar


A família Smith Baden-Powell e o início do escotismo.

B-P foi órfão de pai logo cedo e a figura masculina que substituiu seu pai em foi seu irmão mais velho.   B-P, o irmão mais velho de sete, cuidou e financiou sua mãe e irmãos com tamanha dedicação que só se casou aos 66 anos de idade com sua antiga namorada, quando sentiu que completou seu dever de "homem da casa".   Entrou ainda jovem na escola de aprendizes de marinheiros, sendo o melhor dos alunos e o único a ter nota máxima naquela instituição, formando-se ainda em direito e vindo a trabalhar e se aposentar pela Marinha Real.   O avô dos irmãos Baden-Powell, por parte de mãe, era o famoso Almirante William Smith, que como todo bom avô, contou diversas das suas histórias para os netos, e no seu caso, histórias marítimas.

Robert e Warington Baden-Powell e família
Robert e Warington Baden-Powell e família

Durante as férias escolares, os irmãos B-P realizaram vários passeios marítimos pelos rios do interior e pela costa inglesa.   Quando Robert B-P tinha apenas 15 anos de idade, sendo o mais novo dos irmãos, acompanhou-os por um cruzeiro marítimo pelos rios da Inglaterra, cruzando todo o país.   De norte a sul eles cozinharam nas margens dos rios, dividiram tarefas dentro do barco, faziam fogueiras, observaram a natureza marítima, pescavam, recolhiam pedras e faziam jogos na água e margens dos rios.   Em diversos livros Robert B-P faz menção de como a educação que recebeu de seu irmão Warington lhe tornou um homem mais forte, e recorda um cruzeiro pela costa da Inglaterra, em que Warington lhe repreendia pela ineficiência que poderia custar a vida dos tripulantes, e com isso, aprendeu muito sobre conduta pessoal.

Warington B-P sempre teve alto interesse pela marinharia e as aventuras que proporcionam.   Conhecido pelo interesse em pequenos barcos, especialmente canoas, como descrito por Robert B-P em sua biografia "Lessons from the Varsity of Life", em 1871, com 24 anos de idade, fez um cruzeiro a bordo de uma canoa pelo Mar Báltico.   Realizou escalas na Alemanha, Dinamarca e Suécia, tal como descrito em seu livro, "Viajando de Canoa", publicado em 1871.

Warington B-P
Warington B-P

Robert Baden-Powell pediu ao seu irmão que organizasse a primeira especialização oficial do escotismo, o Movimento Escoteiro do Mar, que foi lançada na Inglaterra em 1910 após as preparações e testes. Em 1912 Warington publicou o manual completo sobre Escotismo do Mar, que muito vendido, fez florescer o Escotismo do Mar.

Toda experiência dos jovens marinheiros Warington e Robert B-P se refletiu no nascimento do escotismo que em 1907, tendo seu primeiro acampamento experimental em uma ilha, onde necessariamente navegaram por horas junto aos jovens até o local.   Em uma "Conversa ao Pé do Fogo", Robert B-P falava aos jovens mais velhos sobre as possibilidades de profissão com a marinharia e, que a Inglaterra precisava de bons trabalhadores para o mar.   Assim teve a idéia da criação do Movimento Escoteiro do Mar. Em dezembro de 1908, o distintivo de Escoteiro Marinheiro já era o terceiro mais requisitado na Inglaterra e existiam algumas tropas "de terra" que se auto denominavam "Escoteiros Marinhos".

Distintivo de Escoteiro Marinheiro - 1908
Distintivo de Escoteiro Marinheiro
1908.

O Acampamento no Rio Beaulieu.

Em 1909, B-P realizou o acampamento às margens do Rio Beaulieu, em Buckler's Hard, mesmo local onde foram construídos os navios do famoso Almirante Nelson.   Este foi o terceiro e último acampamento que Robert B-P dirigiu e coordenou como Chefe, sendo que nele, pode realizar todas as atividades direcionadas para a marinharia e o ambiente aquático assim como desejava e não fez no acampamento anterior, em Humshaugh.


Rio Beaulieu, acampados e embarcados.

O acampamento contou com 100 jovens da Tropa Mercúrio, sendo que na primeira semana 50 ficaram alojados no campo e os restantes no navio da Tropa Mercúrio.   Na segunda semana, alternaram, quem estava no campo foi para o navio e vice-versa.   A Tropa Mercúrio foi a tropa "de terra" levada a este acampamento para tornar-se o embrião do Escotismo do Mar na Inglaterra.   Um dos rapazes que participaram deste acampamento foi o jovem João, filho do seu grande amigo de B-P Rudyard Kipling, escritor da estória de "Mowgly o menino lobo - livro da Selva".

T.S. Mercury

O programa do Acampamento do Rio Beaulieu, contou com História Naval, pesca e diversas outras artes marinheiras. Para este acampamento, B-P fez confeccionar para cada um uma faca, um cinto e um chapéu-de-prato identificando os Sea Scouts.


Escotismo do Mar para Rapazes.

A seguir do acampamento do Rio Beaulieu, publicou o folheto "Escotismo do Mar para Rapazes" onde lançou a idéia, esclarecendo ao final que seu irmão Warington estaria preparando um livro mais completo que seria lançado em breve para os Escoteiros do Mar.   Muitas tropas "de terra" desejaram adotar o novo tipo de escotismo mas seus Chefes não eram preparados para aqueles tipos de atividade e, surgiram novos Chefes vindos da Guarda Costeira, por serem especializados nas artes marinheiras. As primeiras tropas de Escoteiros do Mar na Inglaterra e no exterior foram: Mercúrio, 'British Boys', Petersham and Ham, Barry, Cleethorpes, Ratcliffe, Skegness, e Gibraltar.

Capa do livro editado por Robert B-P para estimular o Escotismo do Mar.
Capa do livro editado por Robert B-P
para estimular o Escotismo do Mar.

Foi aprovado em 1910 o uso de um uniforme especial para os Escoteiros do Mar, que foi entusiasticamente foi recebido e utilizado pelos rapazes da Grã-Bretanha, levando seu modelo ao resto do mundo. Em janeiro de 1911 Warington B-P delineou o conceito de Escotismo do Mar quando ministrava um Curso para Chefes em Londres.   Em 25 março de 1911, B-P escreveu uma carta ao Almirantado pedindo permissão para estabelecer Escoteiros do Mar como Salva-Vidas na costa.   A aprovação foi concedida. A assistência dos Escoteiros à Costa não foi um "preenchimento de atividades", mas uma real necessidade. Finalmente em 1912 Warington Baden-Powell publicou um manual completo chamado "Escotismo do Mar e Marinharia para Rapazes", com o prefácio de seu irmão Robert B-P.   Com o manual e o uniforme, o Escotismo do Mar se espalhou em grandes proporções para o mundo.

 
"Escotismo do Mar e Marinharia para Rapazes, 1912, por Warington B-P".

Em suas memórias, Robert B-P escreveu que se tivesse sido escoteiro na juventude, com certeza teria sido um Escoteiro do Mar e sempre se referiu ao seu irmão mais velho, Warington B-P, como o fundador do Escotismo do Mar.   Warignton faleceu em 1921 e deixou todo um legado de trabalhos institucionais e literários pela prática do Escotismo do Mar.



por Andre Torricelli F. da Rosa (123° GEMar Almirante Saldanha-RJ)